Registro de MEI para profissional da Fotografia

Quando começar a atuar com a fotografia, você precisará se regularizar, para poder emitir nota fiscal e de fato viver da Fotografia. Neste momento, o MEI – Microempreendedor Individual, é uma ótima opção. O MEI foi criado em 2008  para apoiar profissionais liberais. É um registro feito no nome de uma única pessoa – não pode ter sócios.

 

images

Para fazer um registro de MEI você não precisará de um contador, o processo é fácil e você poderá fazer sozinho, evitando as taxas mensais dos contadores.

Você pagará mensalmente o valor de cerca de R$ 53,70 (categoria prestador de serviços). Esse valor não varia de acordo com o faturamento, ele é fixo.

 

No MEI você poderá ter um funcionário com carteira assinada, você terá direito a aposentadoria, e ficará isento de tributos federais. Ah! O detalhe é que no MEI seu faturamento poderá ser de no máximo R$ 81 mil por ano (novo valor válido em 2018), se passar disso, você deverá se registrar como Simples nacional.

 

Para buscar informações detalhadas, acesse www.portaldoempreendedor.gov.br. Nele há informações de como se formalizar e fazer o CNPJ.

Ter uma empresa registrada como MEI gera credibilidade para seu nome, lhe possibilita trabalhar para empresas, emitir notas fiscais e ter direto a aposentadoria. Enfim, você será um profissional legal, pronto pra crescer.

Vamos em frente?

Um abraço!
Aline Tonini – Instrutora de Fotografia Pro para Iniciante

 

Um comentário sobre “Registro de MEI para profissional da Fotografia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *